Harmonização Facial: O que é, Valor, Antes e Depois com Fotos



A Harmonização Facial é uma série de procedimentos que harmonizam e alinham os ângulos da face, no intuito de trazer um aspecto de harmonia e beleza. Primeiramente, o profissional fará uma análise clínica e criteriosa quanto às proporções faciais e, depois, entrará com a correção das áreas mais desarmônicas.

O profissional pode alterar um ou mais aspectos da face para ter um resultado mais satisfatório. Os pontos mais críticos são mandíbula, região malar (maçãs do rosto), mento (queixo), dorso e ponta do nariz, lábios e supercílios. O procedimento deve respeitar as distâncias e os aspectos potenciais da face. O profissional aplicará o mais harmônico para a anatomia do cliente, sem excessos.

 

Para que serve a Harmonização Facial?

A harmonização facial é um conjunto de procedimentos que visam a correção de ângulos da face no intuito de promover um aspecto mais harmônico e belo. Essa correção acontece a partir do estudo da anatomia e dos ângulos da face.

 

– Reduzir a papada (Lipoaspiração de papada)

Essa Lipoaspiração é conhecida como “lipo de papada“, é a aspiração (retirada por sucção) da gordura localizada na região inferior da mandíbula. O cliente é submetido a uma anestesia local e é sedado no ambiente hospitalar.

Apesar da sedação, a cirurgia plástica é relativamente rápida e o cliente tem alta médica no mesmo dia. Os benefícios são de finalidade estética, como eliminação do queixo duplo, realinhar a mandíbula, rejuvenescer e promover o contorno facial.

ADX
AdSense

 

– Reduzir as olheiras (Blefaroplastia inferior)

A Blefaroplastia nada mais é do que um procedimento que traz o rejuvenescimento da região dos olhos. Através da cirurgia, levanta-se o olhar após a retirada do excesso de pele das pálpebras, remoção de rugas e retirada do excesso de gorduras da região das olheiras. Para melhorar o aspecto estético, é aplicado o botox para reduzir as linhas de expressão e trazer efeitos mais satisfatórios.

A Blefaroplastia é comum por volta dos 40 anos ou mais, quando o excesso de pele e gordura traz um aspecto de envelhecimento para o cliente. Porém, algumas pessoas mais jovens podem realizar a cirurgia quando esses mesmos efeitos da maturidade aparecem por questões genéticas.

 

– Redução de rugas e marcas de expressão

A harmonização facial que normalmente está alinhada à Blefaroplastia é a associação ao botox para reduzir as rugas e linhas de expressão. Normalmente, as rugas são mais evidenciadas pelo acúmulo de gordura e pele nas pálpebras, o que causa a impressão de cansaço, desânimo e envelhecimento.

Essa característica é mais evidente em mulheres, já que a redução de colágeno é acelerada devido aos próprios processos das mulheres, como menstruação, gravidez e alterações hormonais. Além desse procedimento, o preenchimento das rugas é outra opção para diminuí-las no rosto.

 

– Definição da mandíbula (Mentoplastia)

A Mentoplastia é a redução ou projeção do queixo em prol de proporcionar simetria para a face. O procedimento não tem somente finalidades estéticas, mas também é capaz de corrigir deformidades que afetam a qualidade de vida. Por exemplo: se o cliente tem um desvio de mandíbula por má mastigação, com certeza sentirá dores no encaixe da mandíbula (Articulação Temporo-Mandibular), além de poder causar o desgaste dos dentes.



 

– Mudanças no nariz (Rinoplastia)

Rinoplastia é o procedimento capaz de mudar posição, tamanho, volume e largura do nariz do cliente. Pacientes com a ponta do nariz muito baixa, a base muito larga ou o dorso (o osso) curvilíneo, costumam se sentir incomodados por esses aspectos devido ao conceito de “harmonia” e “beleza” que o Ocidente tem. Dessa forma, utilizam esse procedimento para ter uma aparência mais bonita e harmoniosa.

 

– Aumento ou diminuição do queixo e testa

Outros aspectos que podem incomodar muitos clientes são o tamanho do queixo (muito grande ou muito pequeno) e o tamanho da testa (a reclamação maior é para quem tem testa de grande volume). Por isso, é possível fazer essas correções através da cirurgia plástica no intuito de trazer mais proporção ao rosto e satisfação pessoal do cliente com a própria imagem.

 

– Melhorar a simetria facial

Como descrito nos tópicos até então, a harmonização facial é uma cirurgia plástica que necessita de avaliação prévia do profissional para mensurar as proporções e compreender os procedimentos que melhor se adequa ao caso para não causar nova desproporção nem estranhamento.

 

Como é realizada a Harmonização Facial

Uma curiosidade comum dos clientes é o processo de harmonização facial: quanto tempo dura e o que faz, de maneira simplificada. Abaixo estão descritos alguns procedimentos relacionados às técnicas que visam a harmonia da face e beleza.

 

– Preenchimento facial

O preenchimento facial é o preenchimento de rugas e linhas de expressão com hidroxiapatita de cálcio ou policaprolactona para deixá-las menos evidentes. O preenchimento é uma técnica que é capaz de harmonizar e trazer um aspecto mais jovial.



 

– Preenchimento labial

É a mesma técnica usada no preenchimento facial, só que na região dos lábios. Algumas pessoas têm lábios mais finos e se incomodam com a espessura. Assim, optam pelo preenchimento como uma maneira de harmonizar a face. O procedimento é devidamente avaliado pelo cirurgião e também ao levar em consideração a satisfação pessoal do cliente.

 

– Aplicação de botox

Quando os clientes necessitam de botox para um resultado mais satisfatório em procedimentos estéticos de rejuvenescimento, os tipos mais usados são o ácido hialurônico e a policaprolactona.



Dos dois, o ácido é o mais usado e tem várias categorias para cada área do rosto. Os dois são duradouros, porém não permanentes. É recomendado, principalmente em peles mais maduras, a reposição de botox com uma certa frequência.

 

– Bioestimulação de colágeno

Produtos usados nesses procedimentos estéticos são biocompatíveis. O mais usado, que é o ácido hialurônico, promove hidratação e retém água, o que promove a estimulação da produção de colágeno.

É válido salientar que, após os 25 anos, o indivíduo tem uma queda considerável na produção de colágeno. Por isso, para potencializar os resultados da harmonização, é importante consultar um nutricionista para manter uma alimentação equilibrada e iniciar a suplementação.

 

– Face Lifting

O Face Lifting (Ritidoplastia) é um procedimento que retira o excesso de gordura e pele do rosto. O intuito é diminuir rugas e dar uma aparência de jovialidade. A região mais denunciada com o envelhecimento é a região do rosto, pescoço e colo, pois é a região que mais sofre com a incidência dos raios solares. Além disso, a pele do rosto é significativamente mais fina que as demais partes do corpo.

 

– Microagulhamento

O Microagulhamento é um processo de perfuração por agulhas muito finas que induzem a produção de colágeno e o espessamento da pele. Como citado anteriormente, a pele do rosto é mais fina. A técnica é realizada sob efeito de anestesia e é considerada pouco invasiva.

 

Peeling

O Peeling é um processo que retira camadas superficiais da pele. Através de lesões superficiais, a pele é retirada e assim a pele se reestrutura – cicatrização e estimulação do colágeno. É um procedimento comum para clientes com finalidade de rejuvenescimento, amenizar ou retirar manchas de pele e cicatrizes de acne.

 

– Bichectomia

A Bichectomia é uma técnica de Lipoplastia, mas que retira o excesso de gordura da região abaixo das maçãs do rosto. Clientes com muita gordura nessa região, costumam ter um rosto com aspecto arredondado, o que pode incomodar alguns. Além disso, com o envelhecimento, tende a cair. Assim, muitos optam pela retirada por finalidade estética.

 

– Procedimentos dentários

Pode não parecer, mas a dentição e a relação de mordida entre os dentes superiores e inferiores impactam diretamente na harmonia da face. A correção não tem somente qualidade estética, mas também funcional, já que uma alteração de mordida causa dores articulares, dificuldades de mastigação e de fala.

 

Harmonização Facial Antes e Depois Fotos

Para exemplificar, nada melhor que algumas imagens de antes e depois desse procedimento. A seguir confira alguns exemplos de pacientes que melhoraram a harmonia de seus rostos e sua proporção.




 

Harmonização Facial: O que é, Valor, Antes e Depois com Fotos
Harmonização Facial de sorriso assimétrico Antes e Depois – Créditos da Imagem: Quintessence Publishing

Nessa primeira imagem acima mostra um paciente com sorriso assimétrico. Para solucioná-lo foi feita a aplicação de toxina botulínica para tornar o rosto do paciente simétrico e bonito.

 

Harmonização Facial: O que é, Valor, Antes e Depois com Fotos
Harmonização Facial para definição da mandíbula e diminuição da papada Antes e Depois – Créditos da Imagem: LUNA BEAUTY AESTHETICS CLINIC

Por fim, o último caso tinha a famosa “papada”. Com a lipoaspiração e a aplicação de botox, o queixo se tornou mais projetado e a mandíbula ficou mais delimitada. Além de outros retoques que deram um aspecto mais simétrico ao rosto.

Assim, o cliente com certeza ficou muito mais satisfeito com a aparência jovial e harmônica da face a partir de técnicas realizadas pela harmonização facial.

 

Quando e para quem a Harmonização Facial é indicada

A harmonização facial é indicada para qualquer cliente que deseja melhorar ou rejuvenescer aspectos dos ângulos da face. No geral, a finalidade é estética, mas pacientes com questões de oclusão ou desvio de mandíbula, por exemplo, necessitam para ajudar na qualidade de vida e questões funcionais de mastigação e fala.

 

Quem não pode realizar a Harmonização Facial?

A não realização da harmonização facial depende dos critérios de inclusão ou exclusão do profissional consultado. O que pode acontecer é que o paciente necessite de correções anteriores para depois partir para harmonização facial. Se o paciente tem alterações de oclusão, primeiro se corrige a mandíbula para depois aplicar o botox nos olhos.

O profissional fará as medidas e análise criteriosa para a aplicação dos métodos. De modo geral, não há contra indicação para questões estéticas, até por estar relacionada a satisfação pessoal.

 

Possíveis riscos da Harmonização Facial

Um risco provável é o processo de cicatrização em casos de pacientes com hábitos nocivos à saúde. Por exemplo: clientes com glicose descontrolada e/ou fumantes podem ter dificuldades de cicatrização. Porém, é válido salientar que a harmonização não fará todo o trabalho. É preciso associar a bons hábitos cotidianos para um bom estado geral de saúde.

Outro risco apontado pelos estudiosos é a Bichectomia – a retirada de gordura abaixo das maçãs do rosto. Com o envelhecimento, há a perda de gordura e redução de colágeno. Essa porção de gordura ajuda a dar suporte aos músculos da mastigação. Por isso, a indicação varia de acordo com o caso e os devidos cuidados.

 

O que é Full Face?

O tratamento Full Face aplica botox ou preenchimento e até fios de sustentação para diminuir a profundidade de rugas. Além disso, ameniza a flacidez, sulcos e manchas da pele. As técnicas usadas são semelhantes às da harmonização facial. A abordagem se tornou um sucesso pelo tratamento integral da face. As técnicas de Full Face e Harmonização podem ser combinadas.

 

Qual a diferença entre Harmonização Facial e Full Face?

As técnicas costumam ser combinadas, porém, os diferenciais do full face é a visão integral da face e um processo mais rápido de recuperação. Os primeiros resultados podem aparecer já nos primeiros 15 dias. O retoque, em alguns casos, pode ser feito só depois de seis meses a um ano.

Já a harmonização facial pode ser focada só na parte da face que mais incomoda o paciente e pode ter um tempo maior ou menor de recuperação a depender do procedimento realizado e do organismo da pessoa.

 

Principais dúvidas da Harmonização Facial

Abaixo estão descritas algumas dúvidas relacionadas à cirurgia de harmonização facial quanto a duração e as primeiras evidências  dos resultados, tempo de  recuperação, custos e formas de pagamento.

 

– Quanto tempo duram os resultados da Harmonização Facial?

Os resultados variam conforme uma série de fatores. Por exemplo, para pessoas mais jovens com bons hábitos alimentares, rotina de atividade física regular e consumo adequado de água tendem a ter resultados mais duradouros. Por outro lado, uma pessoa com mais idade e com os mesmos hábitos têm resultados por menos tempo.

 

– Quanto tempo dura a realização da Harmonização Facial?

Os resultados duram de acordo com a idade, a frequência de procedimentos e os hábitos de saúde no geral do cliente. Além disso, os efeitos dependem diretamente dos cuidados pós-operatórios e da continuidade ou implementação de bons hábitos de alimentação e suplementação.

 

– Poderei trabalhar normalmente em seguida?

A possibilidade de retorno às atividades da rotina varia conforme o procedimento feito para o cliente. De modo geral, exigem repouso completo nos primeiros dias. A diferença desse período vai de acordo com a complexidade, recomendações profissionais e particularidades do cliente.

 

– Em quanto tempo o resultado da Harmonização Facial pode ser visto?

Os efeitos mais evidentes dos procedimentos de harmonização facial aparecem depois de algumas semanas, o tempo estimado de recuperação varia de acordo com a complexidade. Por exemplo, procedimentos de peeling e microagulhas podem aparecer depois de dois a três meses.

 

– Como é a recuperação da Harmonização Facial?

O período de recuperação da harmonização facial varia conforme o procedimento e o quadro de saúde geral do paciente. Além disso, depende também se ele seguirá as devidas recomendações do profissional no pós-operatório.

 

– O paciente sente dor e está sujeito a inchaços no rosto ao fazer a harmonização?

Sim. São reações comuns em processos de recuperação de um pós-operatório. Com exceção do peeling que causa apenas a descamação da pele, os demais causam inchaço.

 

– O procedimento feito com Botox é imediato?

Não. É preciso aguardar o período de cicatrização e recuperação, já que, nos primeiros dias, há o inchaço comum de procedimentos ainda que minimamente invasivos.

 

Harmonização do Rosto: Quanto custa?

Uma dúvida comum, por fim, é o custo da harmonização facial. Abaixo, há uma descrição breve e geral sobre os custos de acordo com a média do mercado. O preço varia de acordo com a quantidade de títulos, anos de estudo e popularidade do cirurgião.

 

– Harmonização do Rosto: Valor

De acordo com a média estipulada, a harmonização facial custa a partir de R$ 2 mil reais. O crescimento do custo varia de acordo com a complexidade e nível de invasão do procedimento.

As formas de pagamento variam, desde à vista, até através de parcelamento do cartão de crédito. Por ser uma cirurgia plástica popular, as formas de pagamento costumam ser bastante acessíveis.



Tudo Sobre Cirurgia Plástica

Confira o que você precisa saber sobre Mamoplastia, Mastopexia, Abdominoplastia, Lipoaspiração, Lipoescultura e Rinoplastia no Tudo Sobre Cirurgia Plástica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *