Mentoplastia: O que é, Preço, Antes e Depois com Fotos



A região do queixo, também chamada de mento, constitui um ponto marcante na fisionomia humana. Visto que muitas pessoas sofrem com a baixa autoestima por terem o queixo mais avantajado ou retraído, existe no ramo das plásticas uma cirurgia para este público chamada de Mentoplastia.

Neste artigo será esclarecido tudo sobre a mentoplastia, a cirurgia de correção e tratamento harmônico da parte inferior do rosto.

A cirurgia plástica de mentoplastia é um procedimento feito no queixo a fim de harmonizar a face. É, em outras palavras, uma técnica que trata o formato do mento, de forma a reduzir ou aumentar seu tamanho.

 

O que é Mentoplastia

Mentoplastia é uma cirurgia plástica realizada para remodelar a região do queixo, à fim de atingir uma harmonização com a face do paciente. Pode ser uma cirurgia de aumento ou redução. A simetria do queixo pode ser atingida adicionando próteses de silicone ou removendo parte do osso.

 

Mentoplastia de Aumento

O aumento da região do queixo consiste em uma anteriorização da região a partir de uma prótese específica. A partir do implante, a mentoplastia de aumento corrige a condição retraída que é percebida de perfil.

ADX
AdSense

 

Mentoplastia de Redução

Por outro lado, a mentoplastia redutora terá a finalidade de reduzir o local mais avantajado, devido, por exemplo, aos dentes terem mais projeção que o queixo.

 

Quando e para quem a Mentoplastia é indicada?

É indicada quando o paciente apresenta desproporções na região do queixo em relação aos lábios e nariz ou com todo o rosto. Para isso, será feita uma análise facial para se saber qual o tipo de mentoplastia é a melhor opção para corrigir a falha.

Com isso em vista, ela é recomendada para qualquer paciente acima de 18 anos, idade pela qual o queixo já se desenvolveu.

 

Para quem a Mentoplastia não é indicada?

Em contrapartida, a cirurgia não é indicada em casos de uso do aparelho dentário. Também é contraindicada para quem não atingiu a idade mínima, uma vez que os ossos da região precisam estar desenvolvidos.

 



Quais cirurgias podem ser associadas a Mentoplastia?

Existem algumas cirurgias que podem ser feitas em conjunto com a mentoplastia e podem ser conferidas logo abaixo no texto.

 

– Rinoplastia

A cirurgia de aumento do queixo pode-se associar à Rinoplastia a fim de melhorar a projeção do nariz, o qual obterá mais harmonia de perfil.

Dessa forma, o rosto todo será beneficiado, já que ambas as cirurgias trarão mais simetria à face do paciente. Mais detalhes serão informados abaixo.

 

– Ritidoplastia

Da mesma forma, ao se combinar com a Ritidoplastia (Face Lifting), o rosto obterá um aspecto mais agradável em seu conjunto.

Isso porque ele ficará com um aspecto mais polido e jovial, o que incrementará positivamente a mentoplastia.

 

– Enxerto de gordura

Para o paciente que quer ser submetido a uma técnica menor, há a opção do aumento do mento com gordura. Essa cirurgia é chamada de enxerto de gordura, ou Lipoenxertia, e é feita a partir da própria gordura corporal.

 



Vantagens em associar Mentoplastia com Rinoplastia

A associação cirúrgica entre mentoplastia e rinoplastia é, sem dúvida, a mais comum. Por isso, algumas vantagens de fazê-las juntas foram listadas abaixo.

 

– Resultado mais harmônico

Entre o queixo e o nariz existe uma proximidade quanto ao nível de projeção. Portanto, percebe-se que às vezes essa relação não tem harmonia e o paciente quer um resultado satisfatório.

Então, a partir de ambos os procedimentos, o resultado final será o mais harmônico possível e a pessoa sentirá que o rosto se projeta corretamente.



 

– Mais funcionalidade

Ainda que a cirurgia seja exclusivamente estética, esta associação também proporciona resultados clínicos. Além de corrigir a falha no osso do nariz, fará com que a respiração melhore.

 

– Tempo em dinheiro economizados

Por fim, uma grande vantagem é poder aproveitar o ato de uma cirurgia para complementar com outra. Nesse sentido, tanto o tempo quanto o dinheiro investido serão economizados, já que o cirurgião poderá fazer mais mudanças e o orçamento será mais acessível.

 

Como é realizada a Mentoplastia?

Neste tópico será explorado como se dá o processo e planejamento da cirurgia.

 

– Consulta

Após se identificar com as falhas e incômodos na região, a pessoa marca uma consulta em local adequado e com um cirurgião plástico experiente. Logo que encontrar o profissional, o paciente aprende as etapas do procedimento e passa por uma avaliação médica.

A consulta é toda voltada para questionamentos, expectativas e sugestões de correção, além de abordar sobre o antes e o depois.

 

– Exames

Antes do cirurgião liberar a cirurgia, o paciente precisa realizar alguns exames de imagem, de sangue e outros como parte da avaliação.

A indicação dos exames é feita pelo cirurgião, que, inclusive, pode pedir outros exames além dos mais comuns, a depender da situação da saúde do paciente.

 

– Anestesia

Conforme o procedimento poderá ser geral, quando associada, ou local com sedação, quando for sozinha.

O cirurgião entrará em um acordo com o paciente para que o melhor tipo de anestesia seja decidido.

 




– Tempo de Internação

A internação é bastante rápida e não dura mais do que 1 dia.

 

– Duração

Assim como a internação, o processo também costuma ser rápido e dura cerca de 30 minutos a 1 hora.

 

– Como é a cirurgia de Mentoplastia

Consiste na moldagem da região do queixo e trata diretamente com o osso mandibular. Primeiramente, faz-se uma incisão de 4 centímetros na boca para que a ponta do osso se separe.

Depois, este fragmento é reposicionado com parafusos de titânio. Já na de aumento, ao contrário da redutora, são colocadas pequenas próteses de silicone ou de polietileno (ou Porex) e ainda a técnica menor de enxertia de gordura.

 

Pré-Operatório de Mentoplastia

Com a cirurgia marcada, o próximo passo é se preparar. Abaixo será descrito como deve ser o pré-operatório.

 

– Como é a avaliação médica antes da Mentoplastia

A princípio, o paciente passa por avaliação facial, de saúde e até odontológica. Quanto à face, o médico compara cada parte do rosto em cada terço, semelhantemente ao Face Lifting. Para isto, algumas fotografias serão tiradas para captar cada ângulo do queixo.

Com a entrega dos exames pedidos, a avaliação sobre a saúde terá mais efeito, assim como um tratamento odontológico realizado com antecedência.

 

– Quais exames são necessários para a Mentoplastia?

São eles:

  • Exame de imagem, como o raio-x ou tomografia computadorizada da face. Também é feito no tórax para identificar possíveis complicações;
  • Hemograma completo;
  • Coagulograma;

No caso da mentoplastia de aumento, poderá ser solicitado radiografia da mandíbula e consulta odontológica.

 

– Como se preparar para a Mentoplastia

A preparação compreende fazer jejum de ao menos 2 horas antes, caso a anestesia seja local, e 12 horas, se for preciso anestesia geral.

Além disso, deve-se evitar os medicamentos regulares ou outras substâncias (como cigarro e álcool) que podem alterar a coagulação.

 

– Qual a alimentação recomendada antes da Mentoplastia?

Assim como em qualquer cirurgia plástica, é importante optar por alimentos saudáveis, ricos em nutrientes, ingerir muito líquido e grãos. Eles ajudam a preparar o organismo antes mesmo de se recuperar no pós-operatório.

 

Recuperação e Pós-operatório da Mentoplastia

Além do pré-operatório, o pós-operatório é uma etapa importante para qualquer cirurgia plástica e deve ser levado a sério ao tomar-se os devidos cuidados.

 

– Qual o tempo de internação pós-operatório?

O paciente recebe alta no mesmo dia e é informado com todas as medicações necessárias.

 

– Quais os cuidados necessários no pós-operatório?

Uma vez que o paciente estiver em casa, os cuidados são os seguintes:

  • Repouso de 1 semana com a cabeça ligeiramente erguida e quando se movimentar evitar fazer esforços;
  • Escovar os dentes com cuidado e utilizar escova macia;
  • Não molhar os curativos;
  • Fazer a barba deve ser evitado;
  • Uso de maquiagem nos primeiros 5 dias também deve ser evitado;
  • Evitar se expor ao sol por 1 mês;
  • Se alimentar bem.

– Quais as etapas de cicatrização no pós-operatório?

Em toda cirurgia, geralmente são 3 etapas: inflamação, proliferação celular e maturação da cicatriz. O intervalo entre elas dura a partir de 1 semana até 1 ano, quando se considera ter uma total cicatrização.

Quando se faz a incisão na boca, a cicatriz não é visível, porém, se for na pele, ela fica avermelhada, mas se torna imperceptível com a boa recuperação.

 

– Qual a alimentação indicada no pós-operatório?

O paciente receberá informações sobre alimentos mais recomendados, que costumam ser carnes magras, grãos como feijão, lentilha e ervilha, muitas frutas e líquidos. Quanto às massas, as melhores são aquelas com fibras, como os pães integrais.

 

– Há dor no pós-operatório?

Há uma dor ligeira, mas com os analgésicos indicados pelo médico pode ser aliviada. Além disso, o inchaço é algo normal nos primeiros dias e edemas podem surgir.

Também é comum sentir dormência nos lábios. Após cerca de 15 dias, já não há incômodos que impeçam de exercitar, por exemplo.

 

Mentoplastia Antes e Depois (Fotos)

Confira aqui alguns resultados em pessoas jovens e adultas após a Mentoplastia.

 

Mentoplastia O que é, Preço, Antes e Depois com Fotos
Mentoplastia Antes e Depois Foto – Crédito Imagem: Plastic Surgery & Rejuvenation Center

 

Mentoplastia O que é, Preço, Antes e Depois com Fotos
Mentoplastia Antes e Depois Foto – Crédito Imagem: Indiamart

 

Mentoplastia O que é, Preço, Antes e Depois com Fotos
Mentoplastia Antes e Depois Foto – Crédito Imagem: Kaiser Permanente Cosmetic Services

 

Benefícios da Mentoplastia

Esta cirurgia tem como finalidade proporcionar bons resultados na região do queixo e melhorar o aspecto facial. Os benefícios são:

  • Mais equilíbrio ao rosto;
  • Melhor posição do queixo;
  • Tamanho do queixo mais proporcional;
  • Simetria equilibrada;
  • Melhor aparência;
  • Aumento da autoestima.

As pessoas sentem os reais benefícios no dia a dia e passam a ter conforto com a nova harmonia facial, ainda mais quando há procedimentos relacionados.

 

Riscos e possíveis complicações da Mentoplastia

Embora a cirurgia seja mais localizada e não extensa, podem existir casos em complicações no pós-operatório ocorram como infecção, hemorragia e lesões.

Estes riscos são mais propensos quando há prótese e é provável que seja necessário removê-la.

Além disso, ainda que raro, é possível que ela se desloque ou seja exposta (extrusão).

 

Principais dúvidas

Abaixo serão esclarecidas as principais dúvidas acerca da mentoplastia.

 

– Qual a idade mínima para a realização da Mentoplastia?

A partir dos 18 anos ou quando o queixo já desenvolveu seu formato natural.

 

– O resultado da Mentoplastia é definitivo?

Após 1 mês o resultado já é aparente, já após 3 meses o novo contorno da região é considerado definitivo.

 

– Quando os pontos são retirados após a cirurgia?

Tanto na mentoplastia de aumento quanto na de redução, os pontos são absorvíveis, logo não precisam ser retirados.

 

– Como é a peça de silicone que será introduzida?

A peça de silicone possui diversos tamanhos e, de acordo com cada queixo, tem um formato adequado. Logo, ela é pré-moldada pelo cirurgião.

 

– O silicone no queixo é perigoso?

A aplicação de silicone acontece há muitos anos e não há casos em que a substância ocasionou câncer, por exemplo.

Entretanto, o que há de fato é o risco do produto se deslocar, causar infecção ou hemorragia. Quando isso acontece é preciso que a peça seja retirada.

 

– Minha fisionomia mudará muito com esta cirurgia?

Uma mudança na fisionomia não deverá ocorrer. Há somente uma nova expressão no rosto à primeira vista.

 

– O que é prótese de Pórex ou Medpor?

Também chamada de polietileno, a prótese de Porex ou Medpor é 100% biocompatível ao tecido ósseo, ou seja, não causa reações adversas no corpo. Ela é a substância utilizada na cirurgia de aumento do queixo.

 

– Quais são as vantagens e desvantagens da Mentoplastia sem prótese?

As vantagens de aumento do queixo sem prótese é que se utiliza o próprio osso do paciente, então são praticamente nulas as chances de rejeição.

Contudo, a desvantagem é que o processo é mais complexo, o que demanda um estudo específico do caso para que se mova o osso no ângulo certo.

 

– Quais são as vantagens e desvantagens da Mentoplastia com prótese?

Apesar de ser biocompatível, a prótese não é um material biológico, mas sintético. Por esta razão, está sujeita a complicações, ainda que menores que o silicone.

Além disso, o custo é maior por causa do uso de materiais específicos como parafusos e mini placas.

 

Como escolher a clínica ou o cirurgião ideal para sua Mentoplastia

Em primeiro lugar, o paciente precisa conhecer não só o profissional, bem como a clínica ou hospital.

Só para exemplificar, é interessante agendar uma visita ao local de atendimento e sala cirúrgica. Muitas clínicas possuem sites acessíveis com detalhes das acomodações e informações profissionais.

Outro fator é a escolha do cirurgião plástico ideal que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Ele e sua equipe precisam ter experiência e capacidade em operar a cirurgia do queixo.

 

Mentoplastia – Valor e forma de pagamento

Finalmente, os valores e formas de pagamento existentes no mercado podem ser conferidos abaixo.

 

– Mentoplastia Preço:

As taxas cobradas variam entre R$ 4.000 e R$ 6.000, caso o procedimento seja simples. Porém, há valores que passam dos R$ 10.000, pois outros fatores são contados, como medicamentos, materiais, próteses, drenagem linfática e roupas específicas.

 

– Como se paga a Mentoplastia?

A forma mais comum de pagamento é através de parcelamento no cartão de crédito (até 12x). Se a cirurgia for associada, o cirurgião poderá oferecer descontos acima do total.

Por outro lado, a cirurgia do queixo é atendida pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas somente nos casos em que a pessoa tem dificuldade para mastigar ou respirar, devido ao mal posicionamento da mandíbula.



Tudo Sobre Cirurgia Plástica

Confira o que você precisa saber sobre Mamoplastia, Mastopexia, Abdominoplastia, Lipoaspiração, Lipoescultura e Rinoplastia no Tudo Sobre Cirurgia Plástica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *