Blefaroplastia: O que é, Preço, Antes e Depois com Fotos em 2021



Neste Post Você Verá:

O que é Blefaroplastia

A Blefaroplastia é, basicamente, uma cirurgia plástica que tem o objetivo de remodelar a região das pálpebras superiores e das inferiores. A intenção é diminuir a quantidade de rugas, retirar as bolsas de gordura e dar uma aparência mais jovem em volta dos olhos.

Conforme as pessoas envelhecem, é bastante comum que a área em torno dos olhos fique mais enrugada, por perder elasticidade com o tempo e ganhar um aspecto rugoso.

 

Quando e para quem a Blefaroplastia é indicada?

A sua indicação é para quem tem mais de 30 anos, homem ou mulher, que queira diminuir o excesso de pele flácida na região dos olhos. Também é visada para aqueles que buscam diminuir as bolsas de gordura e quem sofre com a queda das pálpebras por causa dos músculos.

É uma cirurgia feita por quem deseja, também, retirar as bolinhas pequenas de colesterol que costumam se formar nas pálpebras.

 

AdSense

Para quem a Blefaroplastia não é indicada?

No entanto, assim como qualquer cirurgia, a Blefaroplastia tem contraindicação. Ela é contraindicada para quem:

  • Possui doenças crônicas, como a diabete e a hipertensão;
  • Sofre com insuficiência cardíaca.

Além disso, o médico sempre fará uma avaliação geral das condições de saúde do paciente. Se ele sentir que a pessoa não está em condições, então irá explicar as razões e como reverter.

 

Quais cirurgias podem ser feitas junto com a Blefaroplastia?

Existem algumas cirurgias que podem ser associadas umas às outras. Logo, é possível fazer, em conjunto com a Blefaroplastia, as seguintes cirurgias:

 

– Rinoplastia

Por ser uma cirurgia feita na região do rosto, é comum que seja feita também a Rinoplastia. Essa é uma cirurgia de harmonização do nariz que busca se encaixar melhor no formato do rosto.

Assim, é natural que ocorra as suas variações, mas todas envolvendo o nariz, de cirurgia junto com a Blefaroplastia, já que o procedimento varia da necessidade de cada paciente.

 



Blefaroplastia de pálpebras inferiores

Na Blefaroplastia de pálpebras inferiores, o foco é a retirada do excesso de pele que costuma se acumular na região, além das bolsas de gordura.

Neste procedimento, é comum que o paciente tenha pele sobrando na região dos olhos, por isso, o procedimento é através de uma incisão feita na parte interna da pálpebra, na conjuntiva ocular. Portanto, o resultado costuma ser conforme o esperado, em que se tem cicatrizes discretas.

 

 

A Blefaroplastia

Conheça abaixo os tipos de Blefaroplastia:

 

Blefaroplastia de pálpebras superiores

A cirurgia plástica, quando feita nas pálpebras superiores, trabalha na retirada do excesso de pele e, claro, também das bolsas de gordura que ficam na parte interna da pálpebra.

Durante a cirurgia, o cirurgião sempre precisa levar em conta o formato original dos olhos, para não cometer excesso durante a retirada. Além disso, pacientes que possuem olhos fundos podem não ter bons resultados quanto à retirada de bolsas de gordura.

 

Blefaroplastia a laser

Já na Blefaroplastia a laser, o procedimento é um pouco diferente. No lugar do bisturi, que é usado no método tradicional, é usado o laser com foco de CO2, que corta e cauteriza a pele ao mesmo tempo.



A ideia deste procedimento é permitir que o paciente se recupere mais rápido e que fiquem cicatrizes ainda mais discretas e difíceis de ver. Fora isso, o resto é feito igual ao método tradicional.

 

Blefaroplastia inferior via transconjuntival

Esta abordagem de Blefaroplastia é bastante usada quando o paciente é mais jovem e não possui muita pele sobrando. Por isso, é feita através da transconjuntival, uma abordagem que não precisa fazer uma incisão e as bolsas são acessadas pela parte interna.

Dessa forma, não fica uma cicatriz fácil de ver durante o pós-operatório.



 

Como é realizada a Blefaroplastia?

Do mesmo modo que ocorre com diversas cirurgias plásticas, existem alguns procedimentos que a blefaroplastia precisa seguir. Confira:

 

– Consulta

Durante a consulta com o especialista, ele irá se certificar que a necessidade é estética ou funcional. Além disso, também será analisada a saúde do paciente para saber se ele está em condições de passar por um procedimento cirúrgico.

 

–  Exames

Em seguida, serão solicitados os exames laboratoriais costumeiros. Neles, serão verificados os níveis de glicose, hipertensão, etc. Todos os exames são importantes, pois eles dão um parâmetro ao médico sobre as condições de saúde do paciente, inclusive se ele possui alguma doença que pode impedir o procedimento.

 

– Anestesia

Após ser aprovado para a cirurgia e ser feita a demarcação, é feita a aplicação da anestesia. Normalmente, é uma anestesia local, mas pode ocorrer sedação, a depender do paciente e de suas condições para passar pelo procedimento.

 

– Tempo de Internação

O paciente ficará internado por uma duração média de 6h até 8h. Entretanto, se tiver ocorrido mais alguma cirurgia em conjunto, o paciente pode ficar por até 24h.

 

– Duração

A duração da Blefaroplastia, quando feita sozinha, é rápida. Normalmente, leva apenas 40 minutos até 1h30. Mas se houver alguma cirurgia feita junto, então dependerá do procedimento cirúrgico que ocorreu.

 

– A cirurgia

Quando é aplicada a anestesia, logo em seguida, são aplicadas compressas que irão delimitar a região da operação para começar as incisões.

Depois, é recortado o excesso de pele e retirado, corrige-se a musculatura e ajusta-se ao formato original. Ao terminar, é feita a sutura.

 




Pré-operatório de Blefaroplastia

  • Abaixo estão algumas informações importantes acerca da cirurgia plástica.

– Como é a avaliação médica antes da Blefaroplastia

Na avaliação médica, é levado em consideração o histórico médico do paciente, assim como a história oftalmológica, uma vez que a plástica é feita na região dos olhos.

Também é feito o exame físico dos olhos para que o médico consiga reconhecer as posições originais dos olhos, sobrancelhas e verificar as bolsas.

 

– Quais exames são necessários para a Blefaroplastia?

Serão solicitados exames de sangue, radiografia de tórax e também será pedido o eletrocardiograma.

 

– Como é a consulta sobre Blefaroplastia?

Na consulta com o especialista oftalmológico, ele terá certeza de que a necessidade é puramente estética ou puramente funcional. É na consulta que são solicitados os exames e a avaliação para a Blefaroplastia.

 

– Como se preparar para a Blefaroplastia

Antes da cirurgia, é feito um jejum de, pelo menos, 8h, com a internação 2h antes da cirurgia. Além disso, todos os detalhes do procedimento são fornecidos por escrito ao paciente.

Também é importante que, na semana antes da cirurgia, não seja permitido que o paciente ingira medicação. Inclusive, chás são considerados como medicação, por isso, precisam ser evitados também, assim como o médico precisa ser informado sobre qualquer medicamento que o paciente faça uso.

 

– Qual a alimentação recomendada antes da Blefaroplastia?

Nenhuma alimentação deve ser ingerida antes da Blefaroplastia, pois é necessário fazer jejum. Dessa forma, é importante tomar cuidado com esse passo para não acabar por comer algo acidentalmente.

 

Recuperação e Pós-operatório da Blefaroplastia

  • Abaixo estão descritos os procedimentos que compelem o pós-operatório dessa cirurgia plástica.

– Qual o tempo de internação pós-operatório?

De 6h a 24h, a depender se alguma outra cirurgia secundária for feita em conjunto.

 

– Quais os cuidados necessários no pós-operatório?

Os cuidados no pós-operatório não são muitos. É preciso ficar atento ao medicamento que o médico indicar, ficar de repouso por, no mínimo, uma semana até a retirada dos pontos e proteger os olhos da luz solar por, no mínimo, 30 dias.

Além disso, durante o sono, deve-se evitar dormir de barriga para baixo ou cobrir o rosto com algum objeto que cause algum tipo de peso aos olhos.

 

– Quais as etapas de cicatrização no pós-operatório?

A cicatrização é discreta, quase imperceptível. Isso é um ponto positivo por ser uma cirurgia facial, ainda mais para pessoas que a buscam com o propósito estético: o rosto fica adequado, sem imperfeições.

 

– Qual a alimentação indicada no pós-operatório?

Alimentação saudável, rica em proteínas e com pouca gordura. Além disso, é indicado que o paciente sempre se hidrate, pois a água faz parte de um processo importante na cicatrização.

 

Blefaroplastia Antes e Depois (Fotos)

Veja algumas fotos do antes e depois da cirurgia de Blefaroplastia.

 

Blefaroplastia: O que é, Preço, Antes e Depois com Fotos
Blefaroplastia Antes e Depois Foto – Créditos da Imagem: Fresh Face + Eye
Blefaroplastia: O que é, Preço, Antes e Depois com Fotos
Blefaroplastia Antes e Depois Foto – Créditos da Imagem: Appearance Center
Blefaroplastia: O que é, Preço, Antes e Depois com Fotos
Blefaroplastia Antes e Depois Foto – Créditos da Imagem: Fresh Face + Eye

 

Possíveis riscos da Blefaroplastia

Assim como em todas as cirurgias plásticas, o risco é sempre presente. Além dos riscos comuns de toda cirurgia, existe o risco de trombose venosa profunda, possíveis complicações cardíacas e também possíveis complicações pulmonares.

 

Principais dúvidas:

  • Abaixo serão esclarecidas as principais dúvidas acerca de cirurgia plástica.

– Como ficam as cicatrizes na Blefaroplastia?

Pequenas, quase inexistentes. São tão discretas que não dá para ver.

 

– O resultado da Blefaroplastia é definitivo?

Não. A Blefaroplastia trabalha com a remoção de bolsas de gordura e excesso de pele, mas elas podem voltar com o tempo e conforme o envelhecimento.

 

– Qual a diferença entre Blefaroplastia e cirurgia para correção de ptose palpebral

A Blefaroplastia é o excesso de pele, enquanto a ptose é a queda da pálpebra, o que se torna em uma disfunção isolada ou conjunta dos músculos que são responsáveis pelos músculos.

 

– Os olhos ficam muito inchados e roxos? Por quanto tempo?

O inchaço e a roxidão não costumam durar mais do que 3 dias. Caso passe disso, é necessário verificar com o médico se está tudo bem, pois cada paciente reage de uma forma e leva seu próprio tempo.

 

– Os olhos ficarão fechados após a cirurgia?

Normalmente não ficam fechados.

 

– É preciso fazer drenagens linfáticas após a cirurgia?

A drenagem linfática deve ser feita diariamente, de forma manual, logo após as primeiras 72h até três meses depois da cirurgia.

 

– Quando os pontos são retirados após a cirurgia?

Em média, após uma semana.

 

Como escolher a clínica ou o cirurgião ideal para sua Blefaroplastia

É importante entender que o médico especialista pela Blefaroplastia é o oftalmologista, ou seja, não é nenhum outro. Por isso, deve-se certificar de que ele possui a especialização adequada e se está com a licença em vigor.

 

Blefaroplastia – Preço e forma de pagamento

  • Uma dúvida bastante comum que permeia o universo das cirurgias plásticas é em relação ao valor e formas de pagamento, visto que existem cirurgias mais ou menos complexas. Abaixo, pode-se conferir o preço da Blefaroplastia.

– Quanto custa a Blefaroplastia?

O procedimento varia de entre R$ 1.500,00 e R$ 3.000,00. Além disso, podem ocorrer custos extras com o hospital, se é feita em ou nos dois olhos e se há mais algum procedimento incluso.

 

– Como se paga a Blefaroplastia?

É possível pagar no cartão de crédito ou à vista através de débito ou dinheiro vivo.



Tudo Sobre Cirurgia Plástica

Confira o que você precisa saber sobre Mamoplastia, Mastopexia, Abdominoplastia, Lipoaspiração, Lipoescultura e Rinoplastia no Tudo Sobre Cirurgia Plástica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *