Tudo Sobre Abdominoplastia – Guia Definitivo



A Abdominoplastia é um procedimento estético bastante procurado tanto por homens como por mulheres, pois se trata de uma técnica que melhora a autoestima das pessoas. Essa técnica tem crescido nas buscas e com isso, surgem também muitos mitos, por isso é importante entender melhor do que se trata.

 

Tudo Sobre Abdominoplastia - Guia Definitivo

 

Neste guia definitivo tem tudo sobre a abdominoplastia. Confira muitas informações sobre esse procedimento cirúrgico bastante aderido por diversas pessoas. Continue e leia tudo o que você sempre quis saber sobre essa técnica.

 

Neste Post Você Verá:

ADX
AdSense

O que é Abdominoplastia

A abdominoplastia é um processo cirúrgico que envolve a retirada de pele em excesso e gordura da região abdominal. Essa técnica é muito utilizada também para melhorar o aspecto dos músculos abdominais.

Ela possui tipos que variam em técnicas e resultados. Nos próximos tópicos será detalhado melhor sobre cada uma delas, mas é de grande importância que um médico especializado e habilitado seja consultado.

 

Tipos de Abdominoplastia

De acordo com o objetivo, existem tipos de abdominoplastias, cada um adequado a forma que o paciente quer melhorar a região abdominal. Por esse motivo, é necessário se manter informado antes da escolha. A seguir serão listados os principais tipos e seus objetivos.

 

– Abdominoplastia Clássica

O objetivo mais comum para esse tipo de procedimento é o obtido na abdominoplastia clássica. Neste tipo de cirurgia, o principal objetivo é a retirada do excesso de pele e o melhoramento dos músculos abdominais.

É um tipo de cirurgia recomendado para pessoas que apresentam uma sobra de pele e os músculos afastados, onde as incisões são feitas ao redor do umbigo e acima dos pelos pubianos.

 



– Abdominoplastia Extensa

Este tipo de abdominoplastia é parecido com a clássica, porém retira uma quantidade maior de pele, inclusive das laterais da barriga.

É indicado para pessoas que perderam muito peso e ficaram com esse excesso de pele nessa região extensa do abdômen ou mulheres que acabaram de sair de uma gravidez. O excesso de pele da região abdominal, quadril e lombar é retirado neste tipo de cirurgia.

 

– Miniabdominoplastia

A Miniabdominoplastia é conhecida como abdominoplastia parcial, pois é uma pequena retirada do excesso de pele que fica abaixo do umbigo, o chamado “pneuzinho”.

Nesta cirurgia, é necessário somente uma pequena incisão na parte acima dos pelos pubianos, e a recuperação é rápida. Pessoas que têm dificuldade de perder essa barriguinha podem aderir a esse formato.

 

– Lipoabdominoplastia

Na Lipoabdominoplastia ou Abdominoplastia com Lipo, ocorre uma associação entre abdominoplastia e lipoaspiração. Neste caso, a cirurgia é recomendada para pessoas que apresentam uma camada de gordura mais espessa.

Neste método, há a retirada de pele e gordura da região abdominal, e isso remodela toda a cintura. Nesta cirurgia, há uma incisão na região acima dos pelos pubianos também.

 

Principais dúvidas sobre a Abdominoplastia

Nesta parte do artigo, você encontrará as principais dúvidas que envolvem a abdominoplastia, algumas questões nas quais os pacientes mais buscam conhecer no consultório antes da cirurgia.



 

Tudo Sobre Abdominoplastia - Guia Definitivo

 

É importante ressaltar que esse não é um procedimento que pode ser feito em qualquer pessoa. Confira as principais dúvidas a seguir.



 

– Quem pode fazer uma abdominoplastia?

A abdominoplastia é uma técnica utilizada apenas para pessoas que não apresentam problemas de saúde. É importante dizer que não é um tratamento indicado por médicos para o tratamento de obesidade.

Muitas vezes, as pessoas confundem que esta cirurgia pode ser feita para a retirada de gordura e tem o efeito emagrecedor. Porém, este não é o objetivo da abdominoplastia.

 

– Quando é indicado fazer a abdominoplastia?

A indicação para realizar esta cirurgia plástica é em pessoas que perderam um peso significativo e ficaram com demasiada pele na região abdominal.

Além disso, pessoas que apresentam os músculos da região abdominal afastados (diástase) podem se submeter a esta cirurgia para melhorar essas regiões e corrigir esses músculos.

 

– Qual é a melhor estação para fazer a abdominoplastia?

A melhor época do ano para realizar essa cirurgia plástica é no outono ou inverno. Isso porque essas cirurgias mais invasivas provocam inchaços na região e o calor se torna um obstáculo para a recuperação rápida.

Então, pessoas que precisam de uma boa recuperação e cicatrização, precisam se atentar a esta dica. A temperatura baixa irá ajudar neste processo.

 

– O que deve ser considerado antes da abdominoplastia?

Antes de realizar esse tipo de procedimento é importante levar em consideração que é uma cirurgia indicada para pessoas saudáveis. Exames podem ser requeridos pelo cirurgião antes da cirurgia, para avaliar a saúde do paciente.

O peso deve estar ideal, pessoas obesas não podem realizar este procedimento. O álcool e o cigarro também devem ser excluídos da rotina antes da cirurgia.

Antes de iniciar todo o procedimento, busque conhecer melhor o pré e pós-operatório dessa cirurgia.

 

Para quem é indicada a Abdominoplastia?

A abdominoplastia é apropriada para pessoas que perderam muito peso na região abdominal e apresentam flacidez. É importante levar em consideração que deve ser uma pessoa saudável com o peso necessário.

 




Tudo Sobre Abdominoplastia - Guia Definitivo

 

As pessoas que têm os músculos abdominais afastados podem optar por essa cirurgia, já que eles serão corrigidos nestes casos. Após a gravidez, mulheres têm aderido bastante a esta técnica.

 

– Quantos quilos vou perder fazendo abdominoplastia?

Antes de tudo, é necessário mencionar que esta cirurgia não é indicada para o processo de emagrecimento. É uma técnica para remover o excesso de pele e a gordura que fica próxima a ele.

Os médicos mostram que com a retirada de pele, o paciente passa a ter uma perda de peso de até 4,5 kg.

 

– Posso engravidar após a abdominoplastia?

A cirurgia plástica mencionada ajuda na correção dos músculos abdominais. É importante mencionar que não é recomendado engravidar em menos de um ano da realização da cirurgia.

Após este período, a gravidez segue normal, não há risco para o bebê nem para a mãe que possam ser associados a cirurgia feita.

 

– É preciso usar o dreno após a abdominoplastia?

Sim, nesse procedimento é necessário inserir um dreno para evitar o acúmulo de líquidos na região operada no início do pós-operatório. Esse objeto é retirado quando se inicia a drenagem linfática.

Esses drenos são colocados após a cirurgia e retirados até a quarta semana da operação, mas esse período varia conforme cada paciente e caso.

 

– Como fica o umbigo após a abdominoplastia?

Durante o procedimento, o umbigo é uma região afetada, pois há incisões feitas próximos a ele. Ao redor dele ficará uma cicatriz, é importante saber que o cuidado nessa região da pele contribui para uma boa cicatrização.

O umbigo ficará no mesmo local que antes, a diferença é que terá uma pequena cicatriz ao redor dele, que não deve ser notada. Cuidar da cicatrização é uma parte importante de todo o pós-operatório, isso evita problemas nas regiões afetadas.

 

– Como é a cicatriz da Abdominoplastia?

As cicatrizes da abdominoplastia irão depender do tipo. Assim, incisões serão feitas de acordo com o propósito da cirurgia.

A abdominoplastia é uma técnica que deixa algumas cicatrizes, porém discretas. O cuidado após a cirurgia é fundamental para uma boa cicatrização.

 

– Qual o local da cicatriz?

A incisão é feita horizontalmente, na região acima dos pelos pubianos. O local escolhido ajuda a deixar a cicatriz mais discreta, pois além de pequenas, as roupas íntimas a cobrem com facilidade.

Muitas vezes, há uma incisão ao redor do umbigo para a retirada de pele e gordura abaixo deste local.

 

– Qual o tamanho da cicatriz?

O tamanho da cicatriz vai variar de acordo com o tipo de abdominoplastia. A incisão será maior caso a quantidade de pele se estenda até os quadris ou lombar, por exemplo.

Caso seja uma mini abdominoplastia, a cicatriz será menor. Então, o tamanho irá depender do tipo de cirurgia, se será uma clássica, uma mini ou uma Lipoabdominoplastia.

Algumas vezes, há apenas a incisão horizontal nos pelos pubianos e outras vezes irá ser feita também uma cicatriz na região ao redor do umbigo.

 

– Qual o resultado da abdominoplastia?

O resultado da abdominoplastia é uma barriga sem flacidez, cintura fina e sem gordura. Além disso, como há uma retirada da pele, a cirurgia é uma forma de se livrar de estrias na região.

 

Tudo Sobre Abdominoplastia - Guia Definitivo

 

Outro resultado da abdominoplastia é que essa cirurgia é uma forma de corrigir os músculos abdominais. Pode ocorrer um afastamento destes músculos em algumas pessoas e a correção é um resultado dessa cirurgia.

 

– A abdominoplastia faz emagrecer?

A abdominoplastia não é uma cirurgia que tem como objetivo principal o efeito emagrecedor. Tanto que pessoas saudáveis e no peso correto são as que devem se submeter a essa técnica.

Então, caso o seu objetivo seja retirar gordura, a lipo abdominoplastia pode ajudar. Porém, é importante dizer que a abdominoplastia em si não é feita para se ter esse efeito emagrecedor.

O que pode acontecer é que como há a retirada de pele e um pouco de gordura, o paciente tende a perder de 1 kg a 4,5 kg, aproximadamente.

 

– Em quanto tempo eu vejo o resultado da minha abdominoplastia?

O resultado dessa cirurgia plástica é visto a partir do primeiro ano do procedimento. Muitas vezes até os 18 meses o paciente ainda não dá para ver definitivamente como ficou o resultado da cirurgia.

O tempo de recuperação varia de acordo com cada caso. É importante lembrar que nos primeiros meses pode ocorrer inchaço e edemas, por isso é necessário seguir todas as recomendações de cuidados para melhorar e atingir o resultado de forma mais rápida. Há pacientes que a partir dos seis meses o resultado irá aparecer.

 

– Posso perder o resultado da minha abdominoplastia?

Como algumas outras cirurgias plásticas, é necessário o cuidado e manutenção para que o resultado seja mantido a longo prazo. Claro que com o tempo o corpo vai envelhecer e a flacidez irá aparecer.

Então, é necessário que após a cirurgia a pessoa adquira uma vida saudável, com a prática de exercícios e uma alimentação bem variada, com legumes e verduras.

 

– Diferença da abdominoplastia para homem e mulher

Hoje em dia, os homens buscam cuidar do corpo e realizar cirurgias plásticas tanto quanto as mulheres. Por isso, a abdominoplastia é realizada por homens com o peso ideal e que queiram modelar a cintura.

A diferença desta cirurgia plástica para homens e mulheres varia por causa da distribuição de gordura do corpo. Por isso, o homem antes de realizar a técnica deve se submeter a um processo de emagrecimento da gordura intra-abdominal, pois ela pode dificultar todo o processo.

Esse tipo de gordura é mais encontrado no homem do que na mulher. Na mulher, a gordura se localiza mais nas regiões da coxa, quadril e região central do abdômen.

 

– Quando eu posso fazer atividades físicas após a abdominoplastia?

O tempo de voltar para as atividades físicas varia de acordo com a recuperação e o quadro do paciente. Tanto homem quanto mulher podem se recuperar e voltar às atividades a partir da terceira semana (o que depende também do tipo de abdominoplastia utilizada).

A volta deve ser gradativa, sempre com exercícios mais leves no início. O médico deverá acompanhar e verificar como anda o desempenho do paciente no começo desse período. Muitas vezes, a atividade como corrida só deve ser adquirida a partir dos 60 dias.

 

– Diferença da abdominoplastia e da lipoaspiração

Muitas pessoas confundem ainda a abdominoplastia com a lipoaspiração. Isso porque existem diversos tipos desses dois tipos de cirurgias e muitas vezes o resultado pode ser um pouco parecido.

 

Tudo Sobre Abdominoplastia - Guia Definitivo

 

Porém, é importante mostrar que a abdominoplastia apresenta o objetivo de retirada de pele em excesso e correção dos músculos abdominais. Acontece que em alguns casos pode acontecer de uma parcela de gordura, presente na região da pele retirada, seja também retirada na operação.

Já a lipoaspiração é a retirada apenas de gordura de determinada região do corpo. Há vários tipos de lipoaspiração que podem ser realizadas em diversas partes do corpo.

 

Sobre a cirurgia de Abdominoplastia

A cirurgia de abdominoplastia é uma técnica utilizada há algum tempo e necessita de métodos para que tudo seja feito da forma correta e menos invasiva possível.

A seguir serão mostradas algumas informações sobre, por exemplo, como é feita a abdominoplastia e o local recomendado para esse tipo de cirurgia.

 

– Como é feita a abdominoplastia?

Esse tipo de cirurgia é realizado de diferentes formas. Pode haver mais de uma incisão ou não, o que depende de qual o objetivo atingido.

O tamanho da cicatriz também irá variar, na abdominoplastia clássica, é feito uma incisão na região acima do pelo pubiano. Essa incisão poderá ter diferentes tamanhos, depende da quantidade de pele que será removida.

Ainda na abdominoplastia clássica, há uma segunda incisão acontece ao redor do umbigo, onde ali será retirada a pele e alguma porção de gordura localizada nessa região. Caso seja necessário, os músculos serão melhorados, pois algumas vezes eles podem estar afastados.

Os músculos são suturados para deixar mais fortes e firmes. Assim, a barriga fica mais fina. Além disso, o umbigo é recolocado após esse procedimento.

 

– Onde é feita a abdominoplastia?

Por ser um procedimento um pouco invasivo, esse tipo de cirurgia deve ser feito em um hospital, com profissionais da área. O cirurgião deve ser especializado e fazer parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

 

– Qual tipo de anestesia é usada?

O tipo de anestesia mais utilizada é a peridural, onde a anestesia é aplicada em uma região da coluna vertebral. Essa anestesia deixa adormecida do abdômen para baixo, algumas vezes pode ser aplicada a sedação. Na Lipoabdominoplastia é feita a anestesia peridural junto com a sedação.

 

– Como é efetivamente a cirurgia de abdominoplastia?

Essa cirurgia plástica vai ser realizada a partir de incisões feitas de tamanhos variados. O que vai dizer o tamanho e a quantidade de incisões será o tipo de abdominoplastia. A incisão feita é acima da linha do púbis, onde fica mais discreta a cirurgia.

A outra incisão pode ser feita ao redor do umbigo, onde será feito para melhorar o aspecto dos músculos da região e a retirada da pele excessiva. Não é uma cirurgia que visa o emagrecimento e sim o modelamento da cintura.

 

– Qual o período de internação da abdominoplastia?

O período de internação dessa cirurgia plástica irá variar de acordo com o tipo de técnica. Esse período deve ser no mínimo de 24 horas, pois o médico verificará bem como está o paciente.

As primeiras horas são importantes para esse tipo de cirurgia, pois o médico irá avaliar como anda a cicatriz e o local onde foi feita a incisão. Sair antes desse período traz risco a vida do paciente.

 

– Quanto tempo dura a cirurgia de abdominoplastia?

A duração dessa cirurgia plástica varia, mas geralmente dura em torno de três horas. A cirurgia vai demorar de acordo com todos os procedimentos que envolvem o caso.

Muitas vezes pessoas aderem a lipo abdominoplastia, e o tempo de cirurgia aumenta. Assim, o grau de dificuldade de todos os procedimentos no momento da cirurgia é que vão dizer a duração da cirurgia.

 

Abdominoplastia Antes e Depois

A técnica estética apresenta uma mudança logo após a cirurgia. Porém é necessário mencionar que no início o corpo fica muito inchado, é algo normal. Com o passar dos meses é que o paciente irá notar a diferença da região abdominal.

Confira abaixo algumas imagens do antes e depois de pessoas que aderiram a técnica:

 

Tudo Sobre Abdominoplastia - Guia Definitivo
Abdominoplastia Antes e Depois Foto – Crédito Imagem: Dr. Anzarut

 

Nas primeiras duas fotos é possível perceber a diminuição significativa do volume abdominal, a definição da silhueta e a melhora estética do corpo do paciente.

 

Tudo Sobre Abdominoplastia - Guia Definitivo
Abdominoplastia Antes e Depois Foto – Crédito Imagem: Advanced Plastic Surgery Institute

 

Abdominoplastia: O que é, Preço, Antes e Depois Com Fotos - Tudo Sobre Cirurgia Plástica
Abdominoplastia Antes e Depois – Fotos: American Society of Plastic Surgeons

 

Abdominoplastia: O que é, Preço, Antes e Depois Com Fotos - Tudo Sobre Cirurgia Plástica
Abdominoplastia Antes e Depois – Foto:Palm Clinic Aesthetic

 

Abdominoplastia: O que é, Preço, Antes e Depois Com Fotos - Tudo Sobre Cirurgia Plástica
O antes de um paciente masculino, com 33 anos de idade. – Foto: American Society of Plastic Surgeons

 

Abdominoplastia: O que é, Preço, Antes e Depois Com Fotos - Tudo Sobre Cirurgia Plástica
O depois de um paciente masculino, com 33 anos de idade. – Foto: American Society of Plastic Surgeons

 

Como visto, os resultados nessas fotos também são bastante perceptíveis, o que traz o resgate da autoestima dos pacientes em um curto prazo, desde que se tenha os cuidados necessários antes e depois da cirurgia.

 

Pré-operatório da abdominoplastia

Antes de escolher esse procedimento, é importante conversar bem com o médico e buscar as informações necessárias. vários são os requisitos para se ter uma cirurgia leve e longe de problemas, então é importante conhecer e se informar.

As consultas iniciais são muito importantes para conhecer a cirurgia e ver qual o seu papel ela terá no corpo do paciente, para que tudo seja feito de forma correta e o tempo de cicatrização seja sem problemas.

 

– Como é a avaliação médica antes da cirurgia?

Antes de acontecer a cirurgia, o médico cirurgião irá conversar sobre o histórico de saúde do paciente e solicitar a realização de exames, como por exemplo exames histológicos, exames de sangue, exames de risco cardíaco, entre outros.

Dessa forma, o médico poderá verificar se a saúde do paciente está boa para a realização do procedimento cirúrgico. Algumas dicas serão dadas pelo médico e solicitações de como o paciente deve estar antes do procedimento.

 

– Quais exames são necessários para a abdominoplastia?

Além do exame de sangue para verificar como anda a saúde do organismo, o médico irá solicitar algumas ultrassonografias. Esse exame será feito na região do abdômen para verificar como está a parede abdominal e outras estruturas desta região.

Além disso, o médico pode solicitar um eletrocardiograma e exames de urina. O exame de sangue será para verificar a glicose, plaquetas, taxas de nutrientes e composição sanguínea, por exemplo. Isso busca conhecer o organismo e ver se não há nenhum problema na hora da cirurgia ou na cicatrização.

 

– Como é a consulta?

A consulta antes da abdominoplastia é essencial para conhecer o procedimento e saber como você deve se comportar antes da cirurgia. O médico irá mostrar todas as recomendações e o que o paciente não pode fazer antes do processo.

Veja alguns pontos abordados na consulta:

  • Alimentação indicada antes e depois da cirurgia e qual o tempo em jejum;
  • Interromper o hábito de fumo, pois atrapalha na cicatrização;
  • Consumo de álcool antes da cirurgia, que é proibida;
  • Condicionantes e orientações específicas do paciente em questão;
  • Qual o tempo de duração da cirurgia, qual o grau de procedimento;
  • Quais cuidados deve se ter para a recuperação ocorrer como esperado.

Além disso, é nesse momento que a pessoa deve retirar todas as suas dúvidas sobre o processo. Inclusive, é nessa consulta que as pessoas saberão que o resultado final pode demorar e no começo o importante é que a cicatrização seja boa.

 

– Como se preparar para a abdominoplastia?

Para que a cirurgia plástica ocorra como o esperado, o paciente deve ter em mente que esse primeiro momento é importante. Pedir ajuda a algum familiar ou amigo para ajudar na recuperação é o mais recomendado.

Além disso, deve ser seguido todo o protocolo que o médico informou. Cuidados com a alimentação e com o uso de remédios, cigarro ou bebida alcoólica antes da cirurgia. Tudo isso deve ser informado ao médico antes da cirurgia.

Antes do procedimento o médico deve ser informado sobre doenças atuais ou crônicas, como gripe e diabetes. Além disso, informe se faz uso de alguma medicação e para qual a finalidade desta.

 

– Qual a alimentação recomendada antes da abdominoplastia?

É importante que o paciente fique ciente que assim que a cirurgia plástica for marcada, a preparação deve acontecer. Inclusive a alimentação deve ser a mais leve possível, longe de gordura ou com uma gordura boa.

Carnes magras, ovos, frango ou peixe são recomendados. Alimentos integrais, vegetais e legumes podem ser ingeridos sem restrição!

Mantenha o corpo hidratado com muita água e suco, inclusive aqueles ricos em vitamina C, que ajudam na cicatrização!

 

– O que não posso consumir antes da cirurgia?

Alimentos ricos em gordura saturada, com muito açúcar e alimentos industrializados devem ser evitados. Deve-se ficar longe de frituras, sorvete, biscoitos, gorduras e refrigerantes! Visto que esses alimentos comprometem a cicatrização e tendem a aumentar o risco durante a cirurgia.

Antes da cirurgia é preciso fazer no mínimo oito horas de jejum. A pessoa deve se abster tanto de líquidos como de sólidos a partir desse momento.

 

Recuperação e Pós-operatório da abdominoplastia

O pós-operatório se inicia no hospital, após a cirurgia ser realizada. Nesse momento, o descanso é essencial para uma boa recuperação, além de cuidados com a cicatriz.

Além disso, um dreno é colocado para que seja evitado o inchaço da região. Saiba tudo sobre o pós-operatório, como se comportar e quais os cuidados importantes para uma boa recuperação nos próximos tópicos.

 

– Qual o tempo de internação pós-operatório da abdominoplastia?

O tempo que o paciente ficará no hospital vai variar de acordo com o tipo de cirurgia. O tempo mínimo é de 24 horas, porém pode acontecer a internação de até quatro dias, de acordo com o caso.

 

– Quais os cuidados necessários no pós-operatório da abdominoplastia?

No começo é necessário repouso total, porém com o passar dos dias é importante dar os primeiros passos, com muito cuidado e evitando movimentos bruscos que forcem a musculatura abdominal.

Durante os próximos 35 dias, é necessário usar uma cinta na região, de tamanho adequado.

Deve ser evitado esforços físicos, principalmente subir escadas e levantar pesos. Uma postura meio curvada deve ser mantida durante os próximos dias, e é importante a ajuda de pessoas para se locomover ou realizar qualquer movimento.

Confira mais dicas:

  • Siga todas as orientações do seu médico;
  • Nada de usar roupas que apertem a região ou realizar outras atividades pesadas sem o consentimento médico;
  • Deve-se manter um cuidado especial na hora de se mover. Nada de se esticar demais ou curvar-se;
  • O sol excessivo e principalmente na cicatriz deve ser evitado;
  • As compressas quentes não devem ser feitas na região afetada;
  • É normal sentir incômodos no começo, por isso, o médico irá passar analgésicos para diminuir as dores;
  • Nada de exercícios físicos nas primeiras semanas!
  • A cinta deve ser usada pelo tempo indicado pelo médico;
  • Os curativos devem ser limpos a cada 24 horas.

O médico deve passar pomadas para a cicatriz e recomendar a maneira correta na qual a limpeza deve ser feita no local da cirurgia.

É importante seguir todo o passo a passo dito pelo médico, pois a retirada da cinta na hora da higiene deve ser feita de forma correta, para evitar problemas e a má cicatrização.

 

– Quais as etapas de cicatrização no pós-operatório da abdominoplastia?

A cicatrização dessa cirurgia plástica será da mesma forma, mesmo que o tamanho da incisão seja diferente. Confira as etapas abaixo:

  • Antes dos 30 dias a cicatriz é fina e geralmente surge uma irritação por causa dos pontos localizados ou até mesmo do curativo;
  • Após os 30 dias, a cicatriz fica mais espessa e marrom até chegar a aproximadamente 1 ano;
  • A partir de um ano, a cicatriz fica mais fina e clara e ganha a tonalidade do tecido normal ao redor, é depois dessa etapa que o resultado definitivo pode ser observado.

Até os 18 meses após a cirurgia é que a cicatriz fica mais parecida com o resultado final.

Não há maneiras de acelerar essas etapas de cicatrização, é importante manter os cuidados e esperar o momento correto da cicatrização total ocorrer.

 

– Como fica o umbigo no pós-operatório da abdominoplastia?

Durante a cirurgia pode ser necessário a incisão ao redor do umbigo, pois o excesso da pele deve ser retirado. Porém, ele será colocado de volta, na sua posição normal.

Com essa incisão, a cicatriz irá surgir e essa região pode ficar escura. Mas, da mesma forma ocorre com outras, a cicatriz presente no umbigo levará aproximadamente 18 meses para o seu clareamento e cicatrização total.

 

– Qual a importância da Malha Compressiva após a abdominoplastia?

Após a cirurgia é necessário usar a malha compressiva, um exemplo de cinta cirúrgica. Essa roupa tem uma função importante para o organismo, pois é ela que mantém a pressão da região abdominal de forma correta.

Sem falar que a malha compressiva também evita a retenção de líquidos na região onde ocorreu a cirurgia. A malha também contribui para manter a barriga adequada na hora do movimento, pois evita complicações.

 

– Qual a alimentação indicada no pós-operatório da abdominoplastia?

A alimentação é algo que deve ser bem cuidada após a cirurgia plástica. Uma alimentação adequada promove a cicatrização rápida e de forma correta, sem falar que o organismo será saudável e a recuperação mais fácil.

De acordo com o seu nutricionista, o recomendado é comer bem legumes, verduras, proteínas magras e alimentos ricos em vitamina C. Confira seu cardápio após a cirurgia, pois a boa cicatrização depende disso!

 

– Quais os benefícios da drenagem linfática após a abdominoplastia?

Após a cirurgia plástica, pode acontecer o aparecimento de líquidos na região. Então, a drenagem linfática contribui para evitar esse tipo de acúmulo. Sem falar que ela também evita o risco de fibrose na região abdominal.

 

Riscos e contraindicações

É importante manter um estilo saudável antes e depois da abdominoplastia. Alguns hábitos de vida podem deixar difícil a cirurgia e aumentar os riscos. Um exemplo disso é que pessoas fumantes não podem aderir ao procedimento pois pode correr risco de vida.

Os riscos mais comuns nesta cirurgia são a trombose e surgimento de embolia pulmonar. A necrose do tecido também pode ser um risco, por isso é importante realizar a cirurgia com pessoal especializado.

Pessoas que tomam algum tipo de medicação devem conferir a possibilidade de realizar a cirurgia. Pessoas diabéticas, obesas ou outras doenças crônicas devem conversar com o médico antes da realização. Muitas vezes, essas pessoas não podem aderir ao procedimento, por isso buscar orientações de um bom médico é preciso.

 

– Quem não pode fazer Abdominoplastia?

Antes da realização da cirurgia, há sempre uma conversa com o especialista. As pessoas indicadas e que correm menos riscos são as pessoas saudáveis, com peso ideal e livres de complicações.

Por isso, é importante buscar mais informações e realizar a consulta com um médico antes de decidir. É importante não esconder nada do profissional, nem mesmo a existência de medicamentos diários, doenças crônicas e predisposição genética (histórico familiar).

 

– Há riscos para mulheres que querem engravidar logo após a abdominoplastia?

Esse tipo de cirurgia pode ser feito tanto antes como depois de uma gestação. Porém, é necessário prestar atenção nos prazos, pois após a cirurgia plástica o tempo recomendado para engravidar deve ser maior que 1 ano.

 

– Há riscos para pessoas com cirurgias no local?

Muitas vezes há pessoas que realizam mais de uma abdominoplastia ou outro procedimento estético no local do corpo. O médico irá informar caso haja algum tipo de risco, mas no geral pessoas que já passaram por outros procedimentos podem aderir a esse sem nenhum problema.

 

– Há riscos para fumantes?

Para pessoas fumantes há riscos caso faça a cirurgia, pois a circulação fica comprometida. A nicotina presente no cigarro, por diminuir a chance do oxigênio chegar até os tecidos, pode contribuir para o aparecimento de necrose.

Há ainda o risco de embolia pulmonar. Por isso, antes da cirurgia os médicos sugerem parar de fumar por no mínimo 30 dias para diminuir os riscos nessas situações.

 

– Há riscos para pessoas com doença autoimune?

Algumas doenças autoimunes aumentam riscos na realização de cirurgias plásticas. Muitas vezes, o especialista proíbe, pois, há um risco maior do organismo ter uma resposta mais agressiva e isso compromete o paciente.

Antes de tudo, o médico irá avaliar cada caso. Com todos os riscos apresentados ao paciente e toda a avaliação correta, não há impedimento para se fazer essa cirurgia.

 

Como escolher a clínica ou o cirurgião ideal para sua cirurgia?

A abdominoplastia só pode ser feita em locais especializados e com estrutura e equipe capacitada, como hospitais. Pois é necessário estar em um ambiente favorável caso aconteça algum imprevisto. Sem falar que é necessário a anestesia antes do processo invasivo.

Ao escolher o profissional que irá realizar a cirurgia, é necessário confirmar que o cirurgião tem experiência com esse tipo de procedimento e se ele está apto pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

 

Abdominoplastia Valor e Formas de Pagamento

O valor desse procedimento irá variar de acordo com cada caso. Em muitos casos, apenas há retirada do excesso de pele, em outros casos há a correção dos músculos abdominais, ou a quantidade de pele retirada é mais extensa.

Outras vezes, durante a cirurgia de abdominoplastia há uma associação desta com outras técnicas estéticas, como a Lipoabdominoplastia, por exemplo. Então, o valor irá variar de acordo com cada procedimento.

 

– Quanto custa?

O valor dessa cirurgia plástica fica em torno de R$ 10.000,00 (Entre R$ 7.000,00 e R$ 12.000,00). Como já mencionado, pode variar de acordo com a extensão e tipo de procedimento. Se a cirurgia for associada à outra , muitas vezes, o valor pode chegar até R$25.000,00.

 

– Como se paga?

A forma de pagamento da abdominoplastia vai variar de acordo com cada caso e cirurgião plástico. Pode ser que o plano de saúde cubra tal procedimento. Se não, há ainda algumas opções como o convênio (muitos locais podem não autorizar esse tipo de pagamento).

Esperamos que suas dúvidas sobre abdominoplastia estejam sanadas. Qualquer dúvida que tenha ficado fale nos comentários e para mais conteúdo relacionado continue nos acompanhando.



Tudo Sobre Cirurgia Plástica

Confira o que você precisa saber sobre Mamoplastia, Mastopexia, Abdominoplastia, Lipoaspiração, Lipoescultura e Rinoplastia no Tudo Sobre Cirurgia Plástica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *