Rinoplastia Antes e Depois com Fotos



A Rinoplastia é uma cirurgia que altera características do nariz em prol de finalidade funcional e/ou estética. As técnicas podem ser associadas, mas isso depende de uma avaliação minuciosa do cirurgião.

 

Rinoplastia Antes e Depois com Fotos

 

Essa cirurgia plástica altera a aparência do nariz para conferir aspectos mais harmoniosos à face. As possibilidades atuais são: mudar o tamanho e formato do nariz, alterar a largura da base e realinhar nariz ao lábio superior. Ela pode ser realizada a partir dos 15 anos (com aval dos pais), tanto para melhorar a aparência quanto a respiração.

Abaixo estão descritas algumas dúvidas comuns quanto a esta cirurgia, suas classificações e uma descrição breve sobre as técnicas utilizadas.

 

ADX
AdSense

Tipos de Rinoplastia

Para saber qual ou quais técnicas se aplicam melhor ao caso, só através de uma avaliação minuciosa do cirurgião. Por isso, abaixo será explicado um pouco sobre cada uma das técnicas mais utilizadas para a realização da cirurgia.

 

– Rinoplastia Estética

Essa cirurgia é uma das mais procuradas pelos clientes. Sem nenhuma alteração respiratória, buscam alterar algum aspecto do nariz que o desagradam. Essa é a classificação geral e, dentro desta, existem outras classificações: redutora, de aumento, dorso nasal e columela.

 

– Rinoplastia Redutora

Esta cirurgia é aquela que reduz o tamanho do nariz. Por exemplo, uma insatisfação comum é a largura da base do nariz que costuma incomodar muitos clientes. Outro fator é o formato e a largura do osso dorsal que pode ser diminuído e formato ao desejo do cliente.

 

– Rinoplastia de Aumento

Outra possibilidade é uma cirurgia de aumento, na qual aumenta-se o tamanho do nariz, principalmente aqueles que têm uma aparência afundada. Esse método busca trazer melhor proporção ao rosto.

 



– Rinoplastia do Dorso Nasal

É uma cirurgia plástica realizada no osso do nariz – que está entre a testa e as narinas. O dorso nasal pode ser tanto reduzido como aumentado para melhorar a proporção e ornar o rosto mais simétrico.

 

– Rinoplastia da Columela

A columela é a fenda que divide as narinas. Em alguns casos, o seu tamanho (como a largura e o comprimento) podem incomodar o cliente. Portanto, até mesmo esse aspecto pode ser alterado.

 

– Rinoplastia para levantar a Ponta Nasal

Alguns clientes podem apresentar a ponta do nariz para baixo, o que lembra uma característica bem-marcada em bruxas dos desenhos animados. Aquela figura bem caricata traz queixas aos consultórios diariamente, mas isso pode ser alterado rapidamente.

 

– Rinoplastia Funcional

Essa cirurgia não está ligada somente ao fator estético, mas principalmente em trazer qualidade de vida. Alterações da estrutura nasal como desvio de septo e hipertrofia dos cornetos trazem limitações funcionais aos pacientes. Assim, a associação de técnicas cumpre dois papéis: estético e funcional.

 

– Rinosseptoplastia

A Rinosseptoplastia é a cirurgia que melhora a funcionalidade respiratória associada à estética nasal. Algumas pessoas sofrem de obstruções na passagem de ar, o que diminui significativamente a qualidade de vida. Além disso, quando associadas a processos alérgicos como sinusites e rinites, qualquer mudança de clima ou poeira potencializa ou desperta crises.

 



– Rinoplastia associada à correção da Hipertrofia dos Cornetos

Os cornetos são conhecidos como as carnes esponjosas, estruturas que estão nas paredes do nariz. Eles são responsáveis por aquecer e umedecer o ar atmosférico que um indivíduo respira antes de chegar aos pulmões. Entretanto, algumas pessoas têm um aumento dessas carnes esponjosas, o que causa problemas de respiração.

 

– Rinoplastia Étnica

É uma cirurgia destinada para quem quer alterar feições do nariz associadas a grupos étnicos. Por exemplo, pessoas com descendência negra costumam apresentar uma base do nariz mais alargada e a ponta do nariz arredondada ou árabes que podem ter o nariz com o tamanho mais avantajado.

Dessa forma, quando recorrem à Rinoplastia é comum querer deixar o nariz menos largo, menor ou com um formato alterado de suas características naturais.



 

– Rinoplastia Pós-Traumática ou Reconstrutiva

Essa cirurgia é destinada a clientes que sofreram um trauma facial – colisão de carros, por exemplo. Não é incomum precisar de enxertos de cartilagem e pele de outras partes do corpo. Essa conduta é devidamente avaliada e considera necessidades e desejos.

 

– Rinoplastia Ultrassônica

É um método que permite a alteração do tamanho do osso nasal sem quebrar o nariz. Isso torna o procedimento menos invasivo e a recuperação mais rápida. Entretanto, o procedimento tradicional causa muito inchaço e hematomas, os quais podem se estender até a região abaixo dos olhos.

Era uma questão que incomodava muito os clientes. Além disso, muitas cirurgias eram feitas em rinoplastia fechada, o que significa que o cirurgião quebrava o osso e o sentia, o que dá margem a erros. A técnica ultrassônica preserva a cartilagem, a mucosa e os vasos sanguíneos, o que ameniza em demasia os hematomas.

 

– Rinomodelação: Rinoplastia Não-Cirúrgica

Por fim, essa técnica é a correção de algumas características do nariz sem invasão, portanto, é uma técnica considerada não cirúrgica. A Rinomodelação é feita através do preenchimento do ácido hialurônico.

O ácido possibilita a elevação da ponta nasal, proporciona uma aparência mais alongada à ponta do nariz e melhora os desvios da pirâmide nasal. Os resultados, nesse caso, duram cerca de 12 meses.

 

Rinoplastia Antes e Depois

É muito importante para quem tem interesse em fazer esse tipo de cirurgia pesquisar sobre resultados que ela pode trazer, principalmente as feitas pelo cirurgião escolhido.

Na imagem abaixo, é possível notar a clara alteração realizada no dorso do nariz da paciente, que possuía uma ponte óssea muito mais proeminente. Conhecido como “nariz romano”, é um formato bastante comum tanto no Brasil quanto no resto do mundo e muitas pessoas fazem alteração no formato com cirurgia.

 

Rinoplastia Antes e Depois com Fotos
Cirurgia de alteração no dorso nasal. Fonte: samphillipsmusic

 

Na segunda imagem, logo abaixo, é possível observar que a paciente optou por afinar a ponta mais alargada do nariz e aproveitou para estreitar também o dorso nasal. O resultado se destaca bastante do formato original com uma fisionomia mais arrebitada.

 

Rinoplastia Antes e Depois com Fotos
Nessa cirurgia plástica a paciente afinou a ponta e o dorso do nariz. Fonte: goldcoastplasticsurgery

 




Na foto abaixo, pode até parecer que a paciente não realizou a cirurgia. No entanto, é possível notar que ela optou por consertar a protuberância presente no dorso, sem que isso afetasse seus traços naturais que garantem sua identidade étnica.

 

Rinoplastia Antes e Depois com Fotos
Rinoplastia realizada para suavizar os traços naturais da paciente. Fonte: cprs-aa

 

Existem vários tipos de técnicas, para diversos tipos de insatisfações. Para saber qual a melhor para cada caso, é necessário que o paciente tenha uma conversa franca com seu cirurgião.

 

Rinoplastia: Principais dúvidas

Assim como qualquer cirurgia, a Rinoplastia gera muitas dúvidas e exige os cuidados necessários no pré e pós-operatório. É indicado que, durante o período de recuperação, o paciente evite banhos quentes, tabagismo e alcoolismo. Além disso, deve-se hidratar e limpar as narinas com soro fisiológico.

 

– A Rinoplastia melhora a sinusite e a rinite?

Sim. Especialmente a cirurgia para correção de septo ou retirada da carne esponjosa dos cornetos nasais são ótimas auxiliares no tratamento de crises como rinites e sinusites.

 

Quanto tempo dura o resultado da cirurgia?

As intervenções cirúrgicas são permanentes. Porém, a Rinoplastia não cirúrgica, feita com ácido hialurônico, só dura até doze meses. Logo, caso o paciente queira novamente o mesmo resultado, deve se submeter ao tratamento outra vez.

 

– Como ficará minha respiração?

Não há alteração na respiração, a não ser que o paciente faça uma septoplastia. Nesse caso, haverá melhorias na qualidade da respiração. Assim, impacta positivamente no sono, aprendizagem e disposição.

 

– Eu posso fazer a Rinoplastia quantas vezes eu quiser?

Não é necessário, pois os resultados são permanentes. A não ser que o paciente queira modificar novamente o nariz, porém, a possibilidade de fazer isso não é necessariamente recomendada. Converse com o cirurgião para tirar as dúvidas e suas particularidades.

 

– Como manter o resultado da cirurgia?

O mais importante é seguir as recomendações no pós-operatório como usar as talas para manter as cartilagens e os ossos no lugar. Além disso, deve-se evitar o sol nos primeiros quinze dias.

 

– Pode ser necessária a realização de cirurgias complementares?

Em alguns casos sim. Alguns pacientes, além da questão estética, têm questões respiratórias devido a anatomia do nariz. Nesses casos, por exemplo, é possível realizar uma septoplastia.

 

– Em quanto tempo atingirei o resultado definitivo da minha Rinoplastia?

Depende do tipo de cirurgia feita. A técnica não-cirúrgica não é invasiva e tem duração de até doze meses e rápida cicatrização. Já outras técnicas, principalmente quando associadas, podem demorar mais. De modo geral, a recuperação é de 15 dias. Após duas semanas, o paciente pode retomar sua rotina, com exceção dos banhos de sol.



Tudo Sobre Cirurgia Plástica

Confira o que você precisa saber sobre Mamoplastia, Mastopexia, Abdominoplastia, Lipoaspiração, Lipoescultura e Rinoplastia no Tudo Sobre Cirurgia Plástica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *